Aprenda Como Fazer uma Redação Dissertativa Argumentativa

Como Fazer uma Redação Dissertativa Argumentativa

escrevendo uma redação dissertativa

A redação dissertativa argumentativa é muito utilizada em vestibulares, concursos e no Enem. Nesse gênero textual, constrói-se uma tese inicial com base em um ponto de vista, que é defendido ao longo do texto.

Para conseguir isso, o autor utiliza argumentos e dados, de modo a justificar as suas ideias. No caso do Enem, também é necessário que se apresente uma proposta de solução para os argumentos levantados durante o texto.

O ideal seria que, durante o ensino médio, os alunos fossem preparados para a realização deste gênero textual, visto que a maioria dos vestibulares e o Exame Nacional do Ensino Médio o exigem. 

Este artigo mostrará passo a passo como construir uma redação dissertativa argumentativa, bem como algumas dicas para construir um bom texto.

Características da dissertação argumentativa

A redação dissertativa argumentativa é conhecida por ter uma estrutura bem rígida, que envolve três partes principais:

  • Introdução: onde é apresentada uma tese ou um ponto de vista;
  • Argumentação: onde se discutem os principais argumentos que comprovam a tese;
  • Conclusão: onde se apresenta uma análise crítica do texto ou uma proposta de solução para os problemas abordados.

Uma das características mais marcantes deste tipo de texto é que a tese central é exposta logo na introdução do texto, diferentemente de outros gêneros textuais. Isso acontece porque a redação dissertativa argumentativa tem como objetivo principal fazer com que o autor exponha a sua opinião sobre determinado assunto.

Este tipo de redação pode ser escrita tanto na terceira pessoa do plural (objetiva) quanto na primeira pessoa do singular (subjetiva).

Estrutura de uma redação dissertativa argumentativa

Para fazer uma redação dissertativa argumentativa, é fundamental seguir a sua estrutura básica de introdução, argumentação e conclusão. Cada um desses tópicos se liga entre si e tem as suas particularidades.

A seguir, mostraremos cada etapa separadamente:

Introdução

A introdução é o primeiro parágrafo da redação. Ela é composta por duas partes: a primeira onde será apresentado o assunto abordado no texto e a segunda onde deixará claro o ponto de vista do autor.

Neste momento deve-se ter clareza e objetividade, evitando enrolar o leitor ao apresentar o tema e a explicitação da tese. O autor precisa convencer quem está lendo os seus argumentos.

Introduzir o assunto e criar a tese pode ser mais difícil do parece, por isso, uma dica importante é ter clareza do problema que se quer discutir e a tese principal. Dessa forma, pode-se começar a escrever a argumentação e deixar para concluir a introdução no final, quando o texto todo já tiver escrito.

Afinal, é muito mais tranquilo introduzir o que já está pronto do que correr o risco de introduzir algo e depois fugir do escopo do assunto!

Argumentação

argumentando em uma redação

Tendo clareza do assunto que se quer abordar e de como a tese será defendida, pode-se passar ao desenvolvimento da redação onde o autor apresentará argumentos que sustentem as afirmações anteriores.

O autor deve defender a sua tese apresentando argumentos consistentes, fatos e dados. Para isso, pode se valer de livros que tenha lido, documentários e demais informações relevantes que justifiquem o seu posicionamento.

É muito importante separar cada um dos argumentos em um parágrafo diferente. Dessa forma, fica mais fácil contextualizar seu ponto de vista, trazendo um melhor entendimento para o leitor.

Da mesma forma que a introdução, o desenvolvimento deve ser claro e objetivo. Dois a quatro parágrafos devem ser suficientes para o autor argumentar sobre as suas ideias principais. Para aprender os detalhes sobre como construir uma boa argumentação, leia esse artigo.

Conclusão

Na conclusão de uma redação dissertativa argumentativa, o autor retomará seu ponto de vista exposto na introdução, passando pelos principais argumentos utilizados para justificar a tese e encerrar o texto.

Essa conclusão pode ser feita de duas formas diferentes: em forma de síntese ou apresentando uma proposta de solução. No primeiro caso, o autor deve retomar resumidamente os seus principais argumentos e concluir afirmando a veracidade de sua tese.

No segundo caso, ao apresentar uma proposta de solução, o autor deve resumir os problemas discutidos e apresentar uma intervenção que resolva ou diminua as questões levantadas anteriormente.

Ao propor soluções, o autor deve explicitar todos os detalhes. É preciso que esteja claro o que será feito para resolver a questão, quem fará e de que forma será feito.

Como fazer uma redação dissertativa do zero

Para fazer uma boa redação dissertativa argumentativa, basicamente você precisa ler e reler a proposta do tema, iniciar o rascunho anotando as primeiras ideias que vêm à sua mente e organizar essas ideias em parágrafos. Com isso sua redação estará quase pronta. Para facilitar o processo, você pode responder algumas perguntas básicas:

  • Qual a problemática que se pretende abordar?
  • Por que este assunto é um problema?
  • O que causou tal situação-problema?
  • Existe alguma solução viável?
  • Por que e como essa solução pode ser colocada em prática?
  • Essa solução conseguiria resolver o problema?

Ao responder todas essas questões, já se tem um projeto de texto. Basta agora, definir com mais detalhes a tese e escrever a redação de acordo com a estrutura padrão. Além disso, é muito importante lembrar de:

  • usar a norma-padrão da língua portuguesa;
  • fundamentar a redação a partir de conhecimentos que o autor tenha em diversas outras áreas;
  • dominar os elementos de coesão e clareza da língua portuguesa;
  • caso o autor esteja escrevendo uma redação para vestibular ou Enem, é preciso respeitar os direitos humanos que constam na Declaração Universal, escrita pela ONU.

Dicas para fazer uma boa redação dissertativo-argumentativa

Fazer uma boa redação dissertativa argumentativa requer muita prática e dedicação. Mas conhecer a sua estrutura teórica e algumas técnicas de escrita podem ajudar muito.

A seguir, estão algumas dicas muito úteis na hora de escrever um bom texto:

Estar atualizado e ler muito

Uma dica que serve para quem quer escrever bem de forma geral e em qualquer tipo de gênero textual é desenvolver o hábito da leitura. Ler muito ajuda no desenvolvimento da capacidade analítica, além de ajudar na gramática e escrita correta das palavras.

Manter o hábito da leitura faz com que o autor esteja a par dos principais assuntos da atualidade, das notícias mundiais e sempre tenha conteúdo para construir os seus argumentos. Aliás, boa parte dos temas de redação de vestibulares e concursos em geral utilizam abordam algum assunto da atualidade. Ter conhecimento sobre o tema pode ser um diferencial para impressionar os corretores e garantir uma ótima nota.

Respeitar o formato da redação exigida

A dica mais importante para qualquer tipo de redação é, em primeiro lugar, respeitar o formato que foi exigido. A redação dissertativa argumentativa é muito usada, como já citado anteriormente, como prova de vestibulares e concursos. No entanto, algumas universidades exigem outros tipos de redação. Logo, é muito importante conhecer os diversos gêneros textuais existentes e a sua estrutura para não correr o risco de errar o seu formato.

Compreensão do tema da redação

Caso a redação que se esteja escrevendo seja para o vestibular, Enem ou concurso público, existirá um tema específico sobre o qual o autor terá que dissertar.

Ler atentamente e compreender o tema da redação é fundamental para que ela seja bem escrita. Deve-se ler e reler quantas vezes forem necessárias até  que se tenha compreendido o tema.

Fazer um rascunho anotando todas as ideias

Fazer um rascunho com todas as ideias principais é muito importante para fazer uma boa redação. Dessa forma, o autor consegue visualizar todas as suas ideias e colocá-la na estrutura correta.

Neste rascunho, deve-se colocar as ideias e tópicos principais que serão defendidos ao longo do texto.

Tópicos devem ser transformados em argumentos

Após fazer um rascunho com as ideias principais, é hora de começar a escrever a redação propriamente dita. Os principais tópicos anotados devem ser transformados em argumentos coerentes.

Objetividade

Ser claro e objetivo é fundamental na escrita de uma redação dissertativa argumentativa. O autor deve expressar o máximo de conteúdo que conseguir no menor número de palavras possíveis.

As ideias não devem ser repetidas e o foco deve estar no que é importante para o texto. Esse não é o momento para fazer firulas ou ficar divagando.

Coerência na conclusão

Na redação dissertativa argumentativa, a conclusão é parte fundamental do texto. É por meio dela que o autor fecha o assunto, encerra o debate e termina sua argumentação. Logo, ele precisa ser coerente ao escrevê-la e tomar muito cuidado para não se contradizer.

Uma conclusão também não deve trazer elementos novos para o texto que não foram discutidos previamente. Explicamos bem isso nesse artigo.

Revisar o texto

Finalizado o texto, é hora de revisar e encontrar os erros na redação. Por mais que o autor tenha muita segurança ao escrever, revisar a redação deve ser feito sempre!

Esse é o momento de corrigir a gramática, encontrar palavras que foram usadas várias vezes no mesmo parágrafo e substituí-las, mudar frases que possam ter ficado sem sentido no meio do texto, etc.

Também é importante dar uma olhada na pontuação e ler a redação mais uma vez, observando detalhes que possam ser melhorados!

A prática leva à perfeição!

Quanto mais alguém escreve, melhor se torna na arte de escrever. Portanto faça vários textos, observe seus pontos fracos, estude-os, e logo você estará pronto para gabaritar.

98% dos candidatos em processos seletivos não pratica redação antes da prova. Isso significa que, se você estiver praticando, já estará no grupo seleto de candidatos que atingem as maiores notas.

Quer aprender como começar seus estudos? Confira nossa apostila completa, que contém muitos exemplos de textos e ideias para você estudar e compreender o que faz uma redação tirar nota máxima.

Leia também: