Aprenda as melhores Técnicas de Redação!

Técnicas de Redação

aprendendo técnicas de redação

Quem vai prestar uma prova sabe que um dos elementos mais importantes e decisivos que compõem a nota que pode garantir a entrada na Universidade dos sonhos é a redação!

Para muitos, ela é uma espécie de “bicho de sete cabeças” que tira o sono de muitos vestibulandos. Mas garantimos que não há motivos para se desesperar, pois mesmo que escrever não seja sua especialidade, existem técnicas que ajudam muito a redigir uma redação de qualidade, que deixará o examinador satisfeito, aproximando você da lista dos aprovados.

Iremos organizar aqui uma série de dicas e técnicas de redação para vestibular. Então estude e treine muito, pois isso efetivamente deixará você um passo à frente!

Quais são os tipos de redação que mais caem nos vestibulares?

Sabemos que esta é uma dúvida que sempre paira na cabeça de quem está se preparando para fazer uma prova importante. Cada vestibular traz consigo características próprias, mas via de regra, temos 3 estruturas básicas que você precisa conhecer e saber desenvolver para garantir a sua vaga! Confira só:

Textos Dissertativos:

Certamente é uma das estruturas mais presentes em vestibulares, inclusive no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Para desenvolver uma boa dissertação, o candidato precisa ser organizado, contando ainda com uma certa “bagagem” de conteúdo. Por isso, estar atento aos noticiários é essencial, pois os temas trazidos nesse tipo de redação costumam fazer relação com a atualidade.

Sempre que você se deparar com um texto dissertativo, você receberá uma proposta de texto, tendo que analisar e, em seguida, desenvolver uma linha pensamento, para que consiga fazer a defesa de sua posição.

Parece complicado, mas não é! Basta você ser organizado, pois em um texto dissertativo para vestibular, você necessitará seguir uma estrutura própria, que é a seguinte:

  • Introdução: logo no primeiro parágrafo do texto, você precisará apresentar de maneira bastante clara o tema que compõe toda a redação, demonstrando que você possui conhecimento, mostrando ainda as questões que serão abordadas;
  • Desenvolvimento: normalmente, a parte do desenvolvimento é a que mais necessitará de atenção, aqui você pode defender seu ponto de vista em dois parágrafos que precisam ser bem claros, trazendo conceitos e informações pertinentes para sustentar sua tese. Este momento é perfeito para você utilizar palavras mais rebuscadas, mas evite repetições de palavras, use sinônimos!

Primeiro parágrafo do Desenvolvimento: muitos especialistas e professores de Redação indicam que você defenda no primeiro parágrafo os pontos positivos que cercam o tema. Por exemplo, imagine que o tema de sua redação seja “Terceirização de serviços nas empresas”, aqui você pode elencar de forma lógica as vantagens, tais como: aumento de especialização do serviço, aumento de qualidade profissional, etc.

Segundo parágrafo do Desenvolvimento: aqui você poderá discorrer sobre os pontos negativos do tema. Ainda seguindo nosso exemplo, você pode trazer como desvantagens da “Terceirização de serviços nas empresas”, como a possibilidade de aumento de desemprego, dificuldade de encontrar parcerias, etc. Mas lembre-se de tomar as devidas precauções para que seu texto não fique contraditório, você precisa demonstrar ao examinador que domina o tema e sabe expor de forma coerente seus argumentos.

  • Conclusão: nesta fase, você deve fazer o encerramento de sua dissertação, propondo uma solução às dúvidas e incongruências que cercam o tema. Faça isso de forma sutil; radicalidade não será bem vista pelo examinador.
terminando textos dissertativos

Textos Narrativos

Nesse tipo de texto, o candidato costuma ter muito mais liberdade para usar sua criatividade e criar um conteúdo único, mas sem se esquecer de que a história precisa ter “começo, meio e fim”.

Para não errar, você pode começar fixando o que chamamos de “Elementos Básicos da Narração”, onde é preciso organizar:

  • Fato: o que será narrado?
  • Tempo: quando ocorrerá a história?
  • Lugar: onde ocorreu o fato?
  • Personagens: quem está envolvido na trama?
  • Causa: por que ocorreu a situação?
  • Modo: de qual forma se deu o fato?
  • Consequências: motivo que provoca o desfecho.

Após isso, você deverá decidir o modo em que a história será contada, isso é chamado de discurso:

  • Discurso Indireto: possui linguagem em terceira pessoa; o narrador conta a história como espectador.
  • Discurso Direto: possui linguagem em primeira pessoa; o narrador é o próprio personagem que vivencia os fatos.
  • Discurso indireto livre: há a fusão das duas modalidades, sendo intercaladas.

Separando e organizando todas as ideias, você pode redigir sua narração de forma tranquila, pois terá seguido o padrão que é necessário para ter uma avaliação positiva e, consequentemente, obter uma nota maior.

Textos Descritivos

O texto descritivo, como o próprio nome já diz, tem como principal objetivo descrever com riquezas de detalhes um lugar, um acontecimento, uma pessoa, um objeto ou um animal. O narrador toma para si a responsabilidade de transmitir – por meio das palavras – emoções, sensações, características, impressões e observações sobre o que está sendo descrito.

Via de regra, os textos descritivos possuem características únicas, como maior uso de substantivos, adjetivos e locuções adjetivas, que permitem ao leitor a ter uma ideia exata do que está sendo detalhado.

Outras características importantes de um texto descritivo são:

  • Uso de figuras de linguagem;
  • Verbos de estado (ser, estar, parecer, ficar, continuar, entre outros);
  • Detalhes físicos (altura, peso, dimensão, aspectos comportamentais, clima, humor, etc.).

Além das características, existem os tipos de textos descritivos, vamos conferir quais são:

  • Texto Descritivo Argumentativo: é aquele que tem por objetivo defender uma tese ou opinião, e precisa convencer o leitor de que está certo.
  • Texto Descritivo Expositivo: requer a apresentação de um conceito com o objetivo de explicar uma ideia, utilizando justificativas para sustentá-la.
  • Texto Descritivo – Injunção: tem como objetivo explicar um determinado assunto ao leitor, sem necessariamente convencê-lo. É comumente usado em receitas culinárias, manual de instruções e editais.
escrevendo bem

Técnicas para escrever bem

Não há dúvidas de que é essencial dominar as técnicas de redação para se sair bem nas provas. Seguir algumas dicas pode certamente lhe ajudar a ter um ótimo desempenho, entre ele podemos citar com maior destaque:

Primeiramente, lembre-se de estudar o conceito de cada uma dessas etapas da redação, conforme explicamos no início desse artigo. Depois disso, passe a praticar, pois só assim você conseguirá evoluir e descobrir seus pontos fracos, adquirindo estratégias para melhorar.

A principal técnica de estudo é aprender com seus erros. Ao estudar, você estará sempre cometendo erros e ajustando seus textos, até que eles não tenham mais erro nenhum. E uma redação sem defeitos é uma redação nota 10!

  • Aprenda a organizar os parágrafos

Os parágrafos são essenciais para qualquer texto, pois são neles que você pode discorrer sobre o tema central que está sendo tratado. Eles precisam ser organizados e claros. Existe um manual do parágrafo perfeito:

1 – Cada parágrafo deve apresentar apenas uma ideia principal;

2 – Inicie sempre pelo tópico frasal; ele precisa ter no máximo até três orações;

3 – Todo parágrafo deve ter: ideia-núcleo, ideias secundárias e conclusão;

  • Use conectivos textuais

Para ter uma construção de ideias bem colocadas e organizadas, o uso de conectivos textuais são de enorme valia, como por exemplo: em primeiro lugar; primordialmente; sobretudo; assim que; no entanto; entretanto; assim sendo, em conclusão. Esses conectivos ajudam a tornar sua redação mais elegante, conectando uma oração a outra.

  • Acompanhe as notícias

Estar atento ao que acontece no mundo ajuda você a se preparar para escrever bem, pois de nada adianta possuir um vocabulários vasto se no fundo o candidato não sabe o que escrever. Lembre-se que os examinadores avaliam sua redação em todos os quesitos.

Ressaltamos que, para dominar as técnicas de redação, você precisa se dedicar, treinar e estudar muito. Certamente esta é a melhor fórmula que resultará no seu sucesso diante dos processos seletivos que você irá enfrentar. Aproveite esta época tão emocionante de sua vida, pois a emoção de ver seu nome da lista dos aprovados não tem preço.

Quer saber por onde começar? Confira nossa apostila de redação completa, que contém muitos exemplos de redações e o passo-a-passo de como construir um bom texto do zero.

Leia também: